Restaurantes unidos contra a desnutrição infantil

A hotelaria mostra o seu lado mais solidário com o projeto ‘Restaurantes contra a Fome’, uma iniciativa que reúne cerca de 600 estabelecimentos de toda a Espanha em busca de um objetivo comum: conseguir fundos para combater a desnutrição infantil no mundo

EFE/Leonardo Monteiro

Artigos relacionados

Segunda-feira 03.09.2018

Terça-feira 28.08.2018

Segunda-feira 20.08.2018

“Em um mundo em que há alimentos para todos, de crianças que morrem por desnutrição me parece uma aberração total”. São as palavras de Mario Sandoval, chef do restaurante Coque e o padrinho nacional da IV edição Restaurantes contra a Fome, uma campanha que pretende combater este problema se tornando um almoço ou um jantar em um ato solidário.

Basta escolher um prato ou menu solidário entre a carta dos cerca de 600 restaurantes que aderiram a esta iniciativa, impulsionada pela Ação Contra a Fome e apresentado esta manhã no restaurante Larumbe de Madrid. A campanha começa no dia 15 de setembro e dura um mês.

Apesar da situação adversa que atravessa o sector da hotelaria, o projeto bate um recorde de participação em seu quarto ano. Além disso, “reforça o vínculo entre os estabelecimentos e os clientes, sem abrir mão de seu lazer podem contribuir com uma pequena ajuda aos mais desfavorecidos”, tal como afirma Emilio Galego, Secretário-Geral da Federação Espanhola de Hotelaria.

Qual é o desafio?

“Superar o que foi alcançado no ano passado”, acrescenta Galego. Já assinaram mais de restaurantes à proposta: 10% a mais que em 2012. De acordo com Carmen Gaio, diretora de comunicação de Ação contra a Fome, a campanha não só se está a tornar uma “referência” para a participação das pequenas e médias EMPRESAS em Responsabilidade Social. Também “tem um impacto significativo na luta contra a desnutrição infantil”, aponta.

O plano conta este ano com o apoio do Makro e eltenedor.é. “Nos impacta saber que com 40 euros você pode salvar a vida de uma criança com desnutrição. Por isso é o terceiro ano que colaboramos e nós encorajamos todo mundo a participar”, explica Gustavo Pinheiro, diretor de Makro Barajas.

“Nosso objetivo é colocar o nosso grão de areia para ajudar os que mais precisam”, acrescenta Marcos Alves, sócio-fundador do suporte.é.

Aqui você pode acessar a lista de restaurantes que trabalham com o projeto e escolher o seu prato ou menu solidário, do que destinar-se-ão entre 0,50€ e 2€ para a ONG Ação contra a Fome. Mais de 3 milhões de crianças morrem a cada ano por causa da desnutrição.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply